Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Britânicos, franceses, espanhóis e portugueses na corrida à gestão dos transportes de Lisboa

  • 333

Há cinco interessados na subconcessão da Carris e do Metro de Lisboa. Há quem pretenda gerir simultaneamente as duas empresas e há quem só esteja na corrida por uma delas. Um dos novos donos da TAP está a jogo

O Expresso sabe que os cinco candidatos interessados em gerir as subconcessões de transportes públicos de Lisboa são os grupos RATP (de Paris), National Express (britânicos), Avanza (espanhóis de Salamanca), Barraqueiro-TCC (portugueses e espanhóis) e Transdev (franceses).

Dois candidatos estão interessados apenas na Carris ou no Metro, tendo apresentado propostas individuais para gerir uma destas empresas. Outros três candidatos apresentaram propostas conjuntas para gerir as duas empresas, Metro e Carris. 

Para gerir conjuntamente o Metropolitano de Lisboa e a Carris avançaram as propostas da RATP, da National Express e da Avanza.

A proposta individual para gerir a Carris foi efetuada pelo consórcio Barraqueiro-TCC (Humberto Pedrosa, um dos novos donos da TAP, está envolvido neste consórcio através da sua Barraqueiro). E a concorrer exclusivamente à gestão da subconcessão do Metropolitano de Lisboa aparece a Transdev.