Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

TAP foi avaliada entre 274 e 512 milhões de euros negativos

  • 333

NEGÓCIO. Com Neeleman e Humberto Pedrosa, o 15º homem mais rico de Portugal, a frota da TAP vai receber 53 aviões novos

Luís Barra

Deloitte e PwC realizaram avaliações da TAP no âmbito do processo de privatização. Ambas eram negativas, refletindo os capitais próprios negativos

A Deloitte avaliou a TAP em menos 274 milhões de euros; a PwC em menos 512 milhões de euros. Ficam assim conhecidas as duas avaliações que haviam sido encomendadas pelo Estado no âmbito do processo de privatização. As duas avaliações foram realizadas como cenário atual, sem privatização nem cenário de capitalização.

A proposta de David Neeleman acaba por valer um mínimo de 354 milhões, dos quais 10 milhões são entregues ao Estado e o remanescente é injetado na TAP. O valor pode ser superior em função dos resultados da TAP de 2015, podendo chegar aos 488 milhões de euros, incluindo 140 milhões para o Estado.