Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

"Temos competitividade para a privatização da TAP"

  • 333

FOTO JOSÉ SENA GOULÃO / Lusa

O Governo espera que a Parpública analise rapidamente as duas propostas melhoradas para a privatização da TAP a fim de poder tomar uma decisão no próximo Conselho de Ministros, diz Sérgio Monteiro.

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, afirmou esta tarde que a receção de duas propostas melhoradas para a privatização da TAP é um "bom sinal", embora o Governo desconheça ainda as condições das mesmas. 

"Nós esperamos certamente uma melhoria de propostas. É um bom sinal de princípio termos recebido duas propostas [esta tarde], não sabemos ainda os detalhes. Oxalá os candidatos tenham atendido ao repto do senhor ministro", declarou Sérgio Monteiro numa conferência de imprensa com a secretária de Estado do Tesouro, Isabel Castelo Branco, no Ministério da Economia.

Questionada sobre os valores das novas propostas, a secretária de Estado disse desconhecer para já esses dados:  "Não temos essa informação ainda. Agora compete à Parpública fazer os relatórios sobre as propostas", afirmou Isabel Castelo Branco.

Segundo Sérgio Monteiro, há garantias de competitividade no processo de privatização da transportadora aérea face à apresentação de duas propostas melhoradas, argumentando que isso mostra que a TAP tem "valor estratégico".

O secretário de Estado dos Transportes  disse também esperar que a Parpública analise rapidamente o conteúdo das propostas a fim de o Executivo poder tomar uma decisão no Conselho de Ministros da próxima semana. Não garante, contudo, que isso seja possível. 

"Face ao volume de trabalho que se segue nos próximos dias e o interesse do Governo não podemos ainda confirmar timings, depende da velocidade dos envolvidos, mas esperamos poder cumprir. Nós procuramos que a análise seja rápida e pedimos às equipas trabalho nesse sentido", acrescentou.

Garantindo que a privatização da TAP é um processo transparente, concorrencial e não descriminatório, Sérgio Monteiro, apontou para a existência de uma comissão independente que "tem acompanhado o processo e que irá elaborar os relatórios que serão entregues ao Tribunal de Contas e à CMVM".

"Esperamos que a privatização seja um sucesso para transformar a TAP numa empresa maior, mais competitiva e retirá-la da situação financeira em que se encontra", concluiu Sérgio Monteiro, acrescentando que já está definido um plano de ajustamento para o caso do processo falhar, uma vez que a companhia tem que se tornar rentável.

A Parpública tem cinco dias para analisar as duas propostas melhoradas apresentadas pelos empresários German Abramovic e David Neeleman para a compra da TAP.