Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Quanto vale Jesus na Bolsa? 1,5 milhões ou 3,5 milhões?

  • 333

O Sporting valorizou ontem 3,5 milhões, o  Benfica regista hoje uma leve desvalorização e já perdeu 1,5 milhões

Vamos fazer de conta que as ações das SAD's de Sporting e Benfica têm liquidez e a bolsa portuguesa reflete com razoável fidelidade os movimentos e novidades das empresas cotadas. Nesse caso, quanto vale Jorge Jesus na bolsa?

Ontem a cotação do Benfica foi duramente castigada (-6%), hoje na pré-abertura deu sinais de sinais de recuperação (+3,8%). Mas, voltou à cotação de ontem, negociando agora nos 1,077 euros (fechou nos 1,086). Se ontem a capitalização da SAD do Benfica perdeu 1,5 milhões de euros, não parece que hoje vá recuperar.  Para já é esse o valor que os investidores na SAD benfiquista atribuem a Jorge Jesus.

Olhando agora para a cotação da SAD do Sporting, suspensa pela CMVM pouco depois das 10 horas. Mas, até esse altura não se tinham registado transações. Ontem as ações valorizaram 18%. Ou  seja, o valor da SAD ganhou mais 3,5 milhões, passando a valer 23,5 milhões (o Benfica vale 25 milhões).

Do ponto de vista do Sporting, os rumores em torno de Jesus valem para os investidores 3,5 milhões É natural. O novo treinador tem potencial para alavancar o valor da empresa, apesar do pesado custo salarial. Na sessão de hoje, a SAD sportinguista não registou ainda nenhuma transação.

Até agora, apesar dos pedidos do regulador do mercado para que Benfica e Sporting esclareçam a dança de treinadores,  nenhum dos clubes desfez em definitivo o suspense. A novidade de hoje foi a suspensão das ações do Sporting até que a SAD comunique "uma informação relevante".

 O Sporting avisou o mercado que rescindiu com Marco Silva, invocando justa causa para não lhe pagar indemnização. Mas, sobre Jesus, nada. O Benfica informou que não conta com Jesus, mas sobre  novo treinador, nada.

O  suspense e a especulação são sempre excelentes indutores do negócio bolsista. Um dos mandamentos de qualquer investidor é  comprar sempre nos rumores e vender nas notícias. Veremos se a regra se aplica a este movimento das SAD do Benfica e Sporting.