Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

PT Contact preocupada com avanço de call centers da Altice

  • 333

A empresa do grupo PT Portugal que presta serviços de apoio ao cliente e emprega mais de 6.000 trabalhadores quer saber que impacto terá no seu futuro a abertura de call centers pela Altice.

Um dia depois da inauguração do call center de Vieira do Minho da Altice, nova dona da PT Portugal, o Sindicato dos Trabalhadores do Grupo Portugal Telecom (STPT) manifesta a sua preocupação com o futuro da PT Contact, empresa que tem uma rede de 30 centros de relacionamento com clientes espalhada pelo país. E diz que gostaria de saber quais os planos da Altice para a PT Contact e até que ponto o futuro da empresa está ou ameaçado pela abertura de call centers pela empresa francesa.

"Estamos preocupados e queremos saber quais são os planos da Altice para a PT Contact. E se a abertura de call centers pela Altice não representa uma duplicação de serviços. A PT Contact pode perfeitamente prestar serviços para as empresas do grupo francês no exterior. Tem capacidade para isso", afirma Jorge Félix, presidente do STPT. 

O call center de Vieira do Minho arrancou esta segunda-feira com 47 pessoas, mas irá crescer para 120. A Altice tem prometido criar mais centros de contacto no país e chegou a falar na criação de 4000 postos de trabalho.

Entre os mais de 6000 postos de trabalho gerados pela PT Contact há cerca de 400 pessoas que pertencem aos quadros da PT Portugal, avança Jorge Félix. O sindicato manifestou esta terça-feira junto do Ministério da Economia a sua preocupação e reiterou a necessidade de um encontro com Pires de Lima para falar sobre a nova PT Portugal.

O ministro da Economia esteve ontem em Vieira do Minho, distrito de onde é natural Armando Pereira, o acionista português da Altice, Pires Lima elogiou o investimento da empresa francesa e chamou a Armando Pereira o "herói de Vieira do Minho".