Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Estado ‘pagou’ 77,5 mil milhões de euros em 10 anos

Dos cofres do Estado saem milhões de euros para ‘alimentar’ crédito do sector privado

Divulgação

Além da dívida pública, os cofres públicos subsidiam ainda os encargos das empresas e famílias. 
Deduções de juros no IRS e IRC custaram, em média, 1,6 mil  milhões de euros ao ano desde 2005 

Seja qual for o critério, Portugal é um dos países mais endividados do mundo. Em março, a dívida pública segundo as regras de Maastricht estava em 226,3 mil milhões de euros (130,3% do PIB) e, incluindo as empresas públicas fora do perímetro orçamental, o valor ascendia a 288,8 mil milhões (166,3%). No total, a economia (exceto banca) devia  702,3 mil milhões de euros  (404,3% do PIB). 

E o Estado não só paga os juros da sua própria dívida, que já ascendem a 8,8 mil milhões de euros este ano, como suporta ainda parte dos juros das empresas e das famílias através de deduções fiscais. Pelas contas do Expresso, a partir de dados das Finanças (para o IRS, taxa efetiva de IRC e encargos anuais com juros da dívida pública) e do Banco de Portugal (para os juros suportados pelas empresas), o Estado pagou entre 72,6 mil milhões de euros e 77,5 mil milhões em juros entre 2005 e 2014. 

Leia mais na edição deste fim de semana