Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Edge Admar investe meio milhão de euros em empresa aeroespacial portuguesa

  • 333

O investimento feito na empresa aeroespacial Spin.Works permite acelerar o processo de crescimento e de internacionalização.

A Edge Admar SGPS, detida por José Luís Pinto Basto e pelo empresário Pedro de Almeida, apostou na empresa aeroespacial 100% portuguesa, realizando um investimento de cerca de meio milhão de euros.

Com o objetivo de apostar em empresas portuguesas de elevado potencial de crescimento e internacionalização, José Luís Pinto Basto, revelou em comunicado reconhecer o sucesso da empresa, dizendo que “a Spin.Works cumpre os requisitos que consideramos essenciais para um bom investimento. Gostamos de apostar em empresas portuguesas e em pessoas que estão dispostas a correr riscos”. O CEO da empresa reforçou a importância deste investimento, uma vez que “neste tipo de mercado existe uma grande necessidade de aposta em desenvolvimento tecnológico, que acaba por permitir a diferenciação e a valorização de uma empresa em detrimento de outra”.

Para a empresa aeroespacial este investimento tratou-se de “uma prova de que estamos no bom caminho e de que a Spin.Works vai ser cada vez mais uma referência no setor”, explicou Vasco Pimenta, CEO da Spin.Works, que acrescentou ainda que a empresa quer “ cimentar a sua liderança tecnológica e acelerar o seu plano de crescimento e internacionalização”.

No mercado espacial a portuguesa Spin.Works tem-se destacado no desenvolvimento de mecanismos de separação para satélites e de sistemas de aterragem planetária com base em processamento de imagem, tecnologia que tem sido integrada nos drones desenvolvidos pela empresa. 

Numa nova fase de crescimento, a Spin.Works tem contado com uma crescente carteira de clientes, em setores como a agricultura de precisão, a gestão florestal e monitorização e planeamento no setor mineiro. Entre esta carteira de clientes, estão a Agência Espacial Europeia (ESA), Airbus Defence and Space e OHB System.