Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Conferência Portugal em Exame. As oportunidades "têm de ser construídas"

  • 333

Alberto de Castro, presidente do banco de Fomento, reconhece que o mundo está cheio de oportunidades, "mas elas não caem do céu".

O mundo “está cheio de oportunidades, mas elas não caem do céu e têm de ser construídas”. As empresas “têm de saber ler as tendências, desfrutarem de condições operacionais e produtos adequados ao mercado para beneficiarem das oportunidades”, refere ao Expresso Alberto Castro, presidente do banco de Fomento, que participou esta terça-feira na conferência Portugal em Exame, em Braga.

A conferência, da revista Exame em parceria com o Banco Popular, centra-se nas “Novas empresas, nova economia digital”. O professor da Universidade Católica participa no segundo painel da conferência (“Aproveite novas oportunidades”), juntamente com o "tubarão" Mário Ferreira (Douro Azul) e António Ferreira, presidente do conselho de Administração do Centro Hospitalar S. João que aportará a visão da economia pública.

Aproveitar dá muito trabalho
Nos negócios, diz Alberto Castro, “as oportunidades são como a sorte: exigem sempre muito trabalho”. E só conseguem aproveitá-las as empresas que revelem “formação, conhecimento, escala, capacidade de análise e persistência”. No aproveitar “é que está o ganho, mas as empresas nunca devem ter uma visão de curto prazo”. E precisam de um “modelo de negócio coerente e testado”, porque “nada acontece por acaso”. Se não cumprirem “os requisitos mínimos”, as empresas não devem entrar em “aventuras inúteis”. 

Alberto Castro cita o feliz exemplo da portuguesa Farfetch, a empresa de e-commerce que funde num portal de 100 mil artigos tecnologia com moda de luxo e se tornou em poucos anos numa billion dollar company.  “Identificou uma oportunidade, tinha um modelo inovador e ajustado ao mercado, e dominava todos os fatores do negócio”, diz o professor ao Expresso, realçando que estar baseada em Portugal não “induzia qualquer desvantagem” para a Farfetch. “É preciso estar no sítio certo, no momento certo.”