Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Os negócios dos bilionários africanos

  • 333

Aliko Dangote lidera o ranking da Forbes dos Africanos Bilionários 2015

© Lucas Jackson / Reuters

Egito é o país com mais bilionários. Isabel dos Santos é a única personalidade do mundo lusófono entre os 29 africanos que somam mil milhões de dólares (876 milhões de euros) em ativos

É entre o Egito e a África do Sul que se encontram as pessoas mais ricas de África (oito e sete, respetivamente), numa lista liderada por um nigeriano, Aliko Dangote, que, não satisfeito em fazer fortuna com a produção de cimento, farinha e açúcar, quer agora ser dono do clube inglês de futebol Arsenal.

A Nigéria é também o terceiro país com mais bilionários (cinco), ligados maioritariamente ao petróleo (o país é o maior produtor africano) e às telecomunicações, de acordo com a tabela Africanos Bilionários 2015, elaborada pela revista norte-americana “Forbes”. A seguir ao apaixonado pelo Arsenal, os primeiros lugares da tabela dos africanos com maior fortuna são ocupados pelo sul-africano que preside ao grupo de marcas de luxo Richemont (Johann Rupert), seguido de outro sul-africano, que controla o negócio de diamantes da De Beers, Nicky Oppenheimer.

Leia mais na edição deste fim de semana