Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Receio que o próximo Governo trave privatização da TAP "é matéria que causa perturbação" aos candidatos

  • 333

José Coelho / Lusa

Prazo para apresentação de candidaturas à privatização da empresa termina esta sexta-feira.

Sérgio Monteiro afirmou esta sexta-feira que o Governo reuniu-se com potenciais concorrentes à privatização da TAP entre terça e quinta-feira, tendo sido questionado sobre o "ruído" da oposição contra este processo.

"Uma das matérias que causou perturbação esta semana nos potenciais concorrentes foi o risco de haver uma decisão unilateral do Estado no futuro que pudesse pôr em causa o processo. Essa demonstração tem para nós um custo”, disse o secretário de Estado dos Transportes em declarações aos jornalistas nos Passos Perdidos da Assembleia da República.

"Eles manifestaram essa preocupação, e nós tomámos boa nota dela. Respondemos aquilo que achámos oportuno nessa ocasião, dando sobretudo uma nota de normalidade em Portugal", acrescentou.

Apelando à oposição, nomeadamente ao PS, que poderá ser o partido do próximo Governo, Sérgio Monteiro disse esperar que ninguém possa ameaçar a compra de até 66% da transportadora aérea nacional. "Nós falamos de operações em que Portugal tem que ser um país previsível e amigo do investimento. É muito importante que Portugal continue a ser visto como um país credível para investir."

Sérgio Monteiro recusou revelar quantas e quais foram as entidades que se reuniram com o executivo PSD / CDS-PP.