Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

REN controla todo o armazenamento de gás natural em Portugal

  • 333

A empresa gestora de redes de eletricidade e gás natural comprou à Galp as duas cavernas de armazenamento que a petrolífera tinha do Carriço, detendo agora a totalidade das seis cavernas existentes em Portugal.

A REN - Redes Energéticas Nacionais - cujo capital social é controlado em 25% pelos chineses da State Grid e em 15% pelos árabes da Oman Oil - passou a gerir a totalidade da capacidade de armazenamento de gás natural das seis cavernas de sal gema existentes no Carriço, perto de Pombal, depois de ter adquirido à Galp as duas cavernas que a petrolífera tinha no local.

Este negócio foi preparado há cerca de um ano entre a REN e a Galp, e concretizou-se esta semana, incluindo ainda o direito da REN construir mais duas cavernas de sal-gema - um direito que transitou da Galp para a Ren. Somado ao direito que a REN já tinha, de constuir mais uma caverna, depois de receber os ativos da Galp, a gestora de redes de energia passou a poder construir um total de mais três cavernas.

A REN adquiriu os ativos de gás natural da Galp pelo valor de 71,7 milhões de euros. Este negócio transforma a REN no gestor de todas as infraestruturas gasistas de alta pressão em Portugal, bem como do terminal da gás natural do porto de Sines e das seis cavernas, detendo ainda a referida garantia de poder construir mais três cavernas.

Desta forma, a REN fica numa posição privilegiada para conseguir armazenar todo o gás natural recebido em Portugal de países exteriores à União Europeia, desde a costa nigeriana, até ao norte de África, mas também para começar a receber o gás proveniente dos produtores norte-americanos, o que poderá acontecer a partir do final de 2017, comentaram ao Expresso fontes do sector.

Desta forma, o presidente da REN, Rodrigo Costa, terá condições ímpares para gerir armazenamentos de gás natural a nível ibérico que funcionem como alternativas da União Europeia ao gás natural fornecido por produtores russos.