Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

CMVM aplica coima de €100 mil a Oliveira e Costa

  • 333

Nuno Fox

Foram ainda aplicadas coimas a mais seis ex-administradores, a maioria parcialmente suspensas. BIC também é visado.

José Oliveira e Costa foi entre os sete ex-administradores do BPN, entretanto nacionalizado e vendido ao BIC Portugal, o que levou uma coima mais pesada: 100 mil euros. 

Em causa estão infrações que passam pela intermediação financeira não autorizada e pelo incumprimento de deveres dos intermediários financeiros. 

A António Franco foi aplicada uma coima de 50 mil euros e a António Coelho Marinho uma coima de 25 mil euros. Aos restantes ex-administradores foram aplicadas coimas de 25 mil euros, embora parcialmente suspensas. Em causa estão Teófilo Carreira, Armando Pinto, Abdool Vakil e a José Augusto Oliveira Costa. 

Também o BPN, hoje BIC, foi alvo de uma coima no valor de 200 mil euros, com suspensão parcial da execução, por dois anos, de metade do valor, ou seja 100 mil euros. Em causa estão as mesmas infrações. 

O processo de contra ordenação começou em 2010.