Siga-nos

Perfil

Economia

Economia

Cruzeiros renderam 92 milhões de euros em Lisboa

  • 333

FOTO MARCOS BORGA

Lisboa recebeu mais de 500 mil passageiros em 2014. Em média, cada turista gastou 183,49 euros, duplicando o valor em relação a 2013.

Lisboa recebeu 500.872 passageiros de cruzeiro em 2014, ano em que o turismo de cruzeiros teve um impacto económico de quase 92 milhões de euros nesta cidade, revelou hoje o Porto de Lisboa.

Os dados fazem parte de um estudo realizado pelo Observatório do Turismo de Lisboa em conjunto com a Administração do Porto de Lisboa (APL) e são divulgados hoje no âmbito do Cruise Day Lisbon, uma iniciativa que reúne este fim de semana, na Gare Marítima de Alcântara, várias atividades relacionadas com o turismo de cruzeiros e o impacto na cidade.

De acordo com o estudo, cada passageiro de cruzeiro gastou em Lisboa, em média, cerca de 183,49 euros, "um valor que duplica em relação a 2013 (97 euros)", salientou a APL.

"No total, considerando que o Porto de Lisboa recebeu 500.872 passageiros de cruzeiro ao longo de 2014, são quase 92 milhões de euros de impacto económico gerados pela indústria dos cruzeiros", referiu a APL.

O Porto de Lisboa sublinhou que "estes números não contabilizam o emprego direto e indireto gerado, nem as prestações de serviço associadas ao negócio, como sejam os gastos dos passageiros em excursões, hotel pré e pós cruzeiro e passagem aérea no caso dos passageiros embarcados/desembarcados".

Quanto ao perfil destes passageiros, 51% são do sexo masculino e 49% do sexo feminino, têm uma média de idades global de 47,3 anos, 51% têm formação universitária e a maioria (86,8%) estava a fazer o seu primeiro cruzeiro.

As principais razões apontadas para a escolha da viagem por cruzeiro estão o entretenimento e o convívio e a possibilidade de visitar Lisboa e as cidades onde o cruzeiro faz escala.

Numa escala de 1 a 10, o grau de satisfação médio com a visita à capital portuguesa foi de 9,63%, "o que representa uma subida significativa face ao 7,7% em 2013".

Entre os elementos que contribuíram para a boa avaliação da cidade estão a gastronomia e os vinhos, o serviço nos restaurantes, o acolhimento no porto, assim como a segurança do embarque e desembarque e a qualidade da oferta cultural e comercial, acrescentou o Porto de Lisboa.