18 de abril de 2014 às 0:59
Página Inicial  ⁄  Economia  ⁄  É um luxo envelhecer no Fundão

É um luxo envelhecer no Fundão

O médico José Anacleto investiu 12 milhões de euros no complexo para idosos Gardunha's, no Fundão.
Ana Sofia Santos (texto) e José Ventura (fotos) (www.expresso.pt)

As residências para seniores Gardunha's abrem as portas em agosto com cerca de 20 utentes. O espaço foi pensado para dignificar os idosos em reconhecimento "por tudo aquilo que os mais velhos deram ao longo da vida à sociedade", diz o proprietário, José Anacleto.

No Gardunha's há assistência médica e de enfermagem. Apoio ao dia a dia, como ajudar no banho quem tem maiores dificuldades, programas ocupacionais e recreativos, transporte e acompanhamento em deslocações a consultas médicas ou ao banco, entre outros serviços.



Comentários 21 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
POUCOS COM MiLHÕES...MILHÕES COM POUCO
Uma sociedade capitalista e burguesa gera sempre a miséria. Aos milhões de miseráveis promete(m) a(s) Igreja(s) o céu depois de morrerem... se forem carneirada por cá. E, depois, sentam-se à mesa dos poderosos a quem servem, porque acreditam que o céu é cá. CORJA!
e um luxo envelhecer.....
no fundao ou em qualquer lugar do pais.....
  ja que o envelhecer em portugal anda muito ainda ao sabor das circustancias e das possibilidades economicas de cada um
conheço quem estaja a envelhecer com luxos mas sem luxo.
  o luxo para um idoso é antes de mais o apoio medico e psicologico, o apoio funcional, higiene limpeza , atençao e paciencia....
alguns destes luxos so se descobrem no acompanhamento das atividades dos centros especializados em idosos... nao apenas no caderno de encargos e nas intensoes....
neste caso em particular.. nao sei se os idosos neste momento se reveem nesta arquitetura fria e modernista ... mas provavelmente daqui a 60 anos.. talvez os que restarem das leis da eutanasia possam divertir se a olhar um horizonte de cimento e agua....
quanto ao luxo, luxo.....acho que para um idoso o único luxo verdadeiro e a juventude.
Velhice "à lá finesse"
Pode ser que alguns possam de facto usufruir desse comforto !!! Acho que o cavaco pode e deve quanto antes dedicar-se á sua reforma e partir para o Fun´dão e tentar curar a decrepitude !!!!
ESTÃO À ESPERA DO SÓCRATES!
Como esteve em França, agora não lhe serve um asilo qualquer! :-)
Re: ESTÃO À ESPERA DO SÓCRATES! Ver comentário
Como assim?
Mas velhos de que idade? É que velhos, mesmo com boa mobilidade, a sentarem-se naqueles sofás/cadeiras fica difícil. Não me parece que o projecto tenha sido a pensar nas pessoas de idade mais avançada.
Vinte pessoas a morarem neste fim do mundo, naquele empreendimento imenso,com aquelas cores mortas, não agrava o sentimento de solidão? Aquilo mais parece um sítio à espera da morte, só que luxuoso.
Esta publicidade no Expresso
é paga ou foi gratuita?
Re: É um luxo envelhecer no Fundão
"....dignificar os idosos em reconhecimento "por tudo aquilo que os mais velhos deram ao longo da vida à sociedade", diz o proprietário, José Anacleto."
      Este é o tipo de discurso demagógico e hipócrita a que nos habituaram aqueles que só vêm a parte material, o lucro...., tenho a certeza que não construiu este "hotel" a pensar nos mais carenciados, mas na mira daqueles que têm boas reformas...
    Um antepassado meu, construiu um asilo (era assim que se chamavam há mais de cem anos), deixou-lhe bens e doou-o à Santa Casa para administrar. Mas eram outros tempos, com outros valores.
Penso que para um idoso,
o maior luxo é a própria família, em torno de si. O fato de envelhecer, que é uma realidade indiscutível, é normal e, por enquanto, nada podemos fazer para deter a decrepitude. Pode ser que no amanhã, talvez ainda distante, achemos alguma fórmula que impeça o desmoronamento físico, intelectual e emocional do ser humano. Todavia, por ora, somente podemos almejar uma velhice serena e a aceitação de que é assim, com muitas mudanças nem sempre aceitáveis. Das fotos que vi, certamente o abrigo parece ser frio e distante e, para mim, não seria o lugar ideal para os meus últimos dias. Mas é claro que é só uma opinião. O que é bom para mim, certamente poderá não ser para outro. Dentro em breve estarei na terceira idade e, deste modo, vou colocando um pouco de mim nesta nova fase, acreditando que é uma forma de reciclar, de conhecer novas atitudes e, principalmente, de aceitação. Nas pequenas coisas que estão sob meu controle, é que posso sobreviver às mudanças mais profundas desta última grande etapa de uma vida humana. Rio Grande
- A secção Fotos -

Convido-vos para visitardes a secção "Fotos", que se encontra acima do início, dentro de Canais e Mapas. Eu optei pela n. 5, que fui colocar como wallpaper do desktop do meu computador.
Para mim foi uma descoberta surpreendente porque nunca fora lá.

Há fotos maravilhosas, realmente maravilhosas.

Anthos
Fora do Alcance..
Deve ser baratinho isto...
- As desigualdades sociais - Ver comentário
Re: É um luxo envelhecer no Fundão
Eu percebo a ideia.
Mas...o verdadeiro luxo é a Imortalidade...
incrivel
Visitei este fantastico empreendimento no mes pasado e, está realmente incrivel e em Portugal não existe igual. Prima por equipamento de primeira e foi executado pelos melhores arquitetos do pais.
Os meus parabens e aproveito para felicitar a euipe de tecnicos que nos recebeu.
Aproveito para comentar tambem que li varias opinioes que nao fazem qualquer sentido, ou por nao conhecerem , ou porque não sabem o que estão a dizer.

Fabuloso, e o lugar nao poderia ser melhor.
quero visitar...
´Conheço o empreendimento só por fora,de passar por lá algumas vezes,e acho que se encontra perfeitamente integrado na natureza circundante e com bons acessos.
Estou ansioso por visitá-lo por tudo o que me têm dito.
mas
O que realmente interessa aos idosos portugueses é a comida. Petiscar, até insuflar de felicidade. E depois a extinção. Todas as opções são correctas.
Abaixo o "esteticamente correcto"
voxpopuly 18:51 | Sábado 28; Insdulgente ontem às 17:45; Anadez ontem às 13:55 já disseram tudo. Só acrescento pormenores (ou pormaiores?). O campo circundante é belo, a arquitectura passa (embora apresente traços de bunker (vide foto 1 e 7). Agora, a decoração !..., meu Deus! Claramente inserida no actual “esteticamente correcto” (clean) é fria, vazia, repetitiva, monocórdica e – o pior - apresenta até sugestão de grades (vide fotos 3 e 9). Realmente há hotéis assim, mas só para dormir no máximo uma semana (mesmo só para dormir o enjoo é grande). Abaixo estes CHAVÕES arquitecto-decorativos ditos de “bom gosto” que não transmitem vida, movimento e alegria, mas apenas neura, cansaço e solidão. Depressão. É preciso gritar que ESTE REI VAI MESMO NU. Alguns quadros, flores e objectos coloridos talvez possam emendar um pouco esta aberração para marcianos. Sim, para humanos, não é. E para pensões de humanos também não. Serve apenas para proporcionar uma velhice de luxo ... ao dr Anacleto.
Re: Abaixo o Ver comentário
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub