24 de abril de 2014 às 19:45
Página Inicial  ⁄  Dossiês  ⁄  Dossies Economia  ⁄  O resgate de Portugal  ⁄  É preciso implementar medidas com rigor

É preciso implementar medidas com rigor

Comentário áudio de João Duque, presidente do ISEG, sobre o memorando de entendimento do Governo e da troika.Clique para visitar o dossiê O resgate de Portugal
João Duque
Clique para aceder ao índice do dossiê O resgate de Portugal

Comentários 13 Comentar
ordenar por:
mais votados ▼
EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE:
.Em 2008 Sócrates e todo o governo diziam que a crise internacional não entraria em Portugal! Tinham tomado todas as medidas!
2. O governo decretou em 2008 e 2009 várias vezes o fim da crise!
3. O Governo em 2009 decretou os medicamentos gratuitos para os idosos para a seguir às eleições os aumentar!
4. O Governo anunciava um deficit de 5,9% para 2009, até às eleições, mas que, por virtude de eventuais esqueletos, que naquela altura já proliferavam pelos armários, o deficit subiu para próximo do dobro.
5 O Governo logo a seguir às eleições, voltou a aumentar os impostos e, pasme-se, reduziu os salários!!!
Há muito mais coisas, de que eu gostava de me esquecer, mas não posso.
Até porque, o Primeiro Ministro deste Governo é aquele que agora se apresenta a eleições, como nada disto se tivesse passado.
Até porque, o Primeiro Ministro deste Governo é aquele que, diz não ter nada a ver com isto, só porque a oposição, houve um dia que disse ..BASTA!!!
Este Primeiro Ministro não tem condições nem capacidade para Governar o meu país.
Re: EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE: Ver comentário
Re: EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE: Ver comentário
Re: EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE: Ver comentário
Re: EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE: Ver comentário
Re: EU NÃO ME POSSO ESQUECER QUE: Ver comentário
NUNCA COM SÓCRATES
Nós estamos a emigrar como nos anos 60, mas não se fala disso. E desta vez são os cérebros que estão também a partir!
-Na última década tivemos o pior crescimento económico dos últimos 90 anos!!
-A actual dívida pública é a pior dos últimos 160 anos. Ronda os 100% do PIB e sem contar com os 60 mil milhões de euros das Parcerias Publico Privadas!
A taxa de desemprego atingiu todos os recordes. É a pior dos últimos 90 anos ! De 6,6 % em 2005 já passou os 11% e ninguém sabe onde irá parar…
- Temos a maior divida externa dos últimos 120 anos e a nossa dívida externa bruta que em 1995 era inferior a 40 % do PIB hoje é de 230 % do PIB!!! É quase 8 vezes mais que as nossas exportações!!!
Estes são alguns dos resultados da governação que estarão em avaliação a 5 de Junho. Resultados duros com responsáveis claros!
Vou-lhe contar uma: Ver comentário
Re: Vou-lhe contar uma: Ver comentário
Re: Vou-lhe contar uma: Ver comentário
É preciso implementar medidas com rigor.
No meio de tudo isto Sócrates sobressai como o grande ganhador logo seguido de Paulo Portas, que diga-se em abono da verdade tem sabido gerir em seu proveito a situação. Do outro lado o grande perdedor é sem duvida o PSD e Passos Coelho, que de trapalhada em trapalhada até à derrota final. Acompanha-o neste passeio o BE e Francisco Louçã, cuja Moção de Censura ninguém percebeu. É claro que olhando para isto tudo se encontra o PC e Jerónimo que seja qual for o sentido do vento é indiferente. A noção que fica retida pelo povo é que estas eleições, além de não serem desejadas, são uma perda de tempo. Não resolvem nada e só vieram agravar os problemas do País. Por tal fato vão ser penalizados os partidos que as provocaram.
lol
Quais medidas? Se já há países em que os seus partidos se estão a recusar assinar o pedido de ajuda!?
Pantomineiros.
Por falta de confiança no PSD, a Troika acaba de reeleger José Sócrates.
Que que anunciou aos “Votos”, função-pública e boys, que tudo vai continuar na mesma.
Sobre os desempregados apenas uma palavra, redução no tempo de subsidio de desemprego.
Curiosamente os que tem emprego vão protestar na rua, e os desempregados vão continuar em casa.
Para isso vai aumentar o IVA que vai atingir empregados e desempregados.
E no Orçamento para 2012, já sem Eleições, estará a Factura para os Portugueses pagarem .
PUBLICIDADE
Expresso nas Redes
Pub