9
Anterior
20 pessoas protestam contra barragem de Foz Tua
Seguinte
Foi bom enquanto durou (áudio)
Página Inicial   >  Economia  >  Energia  >   E a EDP vai para... (áudio)

E a EDP vai para... (áudio)

O novo acionista maioritário da EDP vai ser ou aquele que der mais, ou o que fizer melhor lóbi junto do governo. Certo é que a partir da próxima semana a EDP falará chinês, alemão ou português com açúcar.
|

Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 9 Comentar
ordenar por:
mais votados
E a EDP vai para...
Portugal à venda e à procura de quem dá mais. Já passamos por situações muito piores, como as invasões espanholas e francesas e sempre conseguimos vencer. Agora não morre ninguém só temos uma dívida para pagar. Não temos de vender as jóias da coroa. Para quem tem feito tantos sacrifícios também podia fazer mais seis meses, que é isso que representa. Estou convito que se fosse feito um referendo sobre o assunto, ganharia por maioria absoluta. Não acredito num Estado pobre e regulador, sem poder de decidir.

http://www.youtube.com/wa...

http://www.youtube.com/wa...
Re: E a EDP vai para...
Oxalá
Por questões de produção, organização e método de trabalho, prefiro que fale alemão ou chinês (manadarin). É que com estes somos capazes de aprender qualquer coisa. Com o português adocicado duvido; no que concerne ao paradigma inicial, tiveram muito maus professores.
Re: Oxalá
Alemanha - NAO, China - TALVEZ, Brasil - SIM
Infelizmente vai ser comprada pelos alemaes. O Westerwelle esteve em Portugal e foi disso de certeza de que falaram. Os alemaes querem dar cabo das energias renováveis em Portugal. Eles há muito que querem reconverter o modelo de desenvolvimento baseado na industria automóvel pela industria de maquinaria de producao de energias renováveis. O Brasil esse sim quer apostar na inovacao, nao apaga-la!
Os nossos Euros vão para...
Não é a EDP vai para... É os nossos Euros aos milhões, vão passar a ir para...

São milhares de milhões de Euros que vão sair de Portugal, Milhões em cada ano, dinheiro do povinho imbecil, governado pelos seus pares, que sairão todos os anos de Portugal, saindo definitivamente da economia do país!

Que cambada de imbecis, estes políticos da treta, "formaods" em "universidades" privadas, isto é, com diploma comprado!

Re: Os nossos Euros vão para...
Re: Os nossos Euros vão para...
VENDA DO PAÌS
Estes vendilhões do CDS/PSD continuam a senda criminosa do PS. Tudo fazem para agradar aos donos deles, senhores da massa.
Oxalá caia nas mãos dos chineses. Contudo, o Gordo e as duas pessoas que o acompanham já devem ter as mãos untadas para entregar o "bem/bom" aos nazis.
Comentários 9 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub