4
Anterior
Strauss-Kahn "aliado" de Sarkozy
Seguinte
Strauss-Kahn pede desculpa
Página Inicial   >  Dossiês  >  Dossies Atualidade  >  Escândalo DSK  >   DSK poderá voltar à política

DSK poderá voltar à política

Dominique Strauss-Kahn, antigo diretor do FMI, "não tenciona dar dinheiro" a Nafissatou Diallo, diz advogado. A um mês das eleições primárias no Partido Socialista francês, a volta de DSK à política não está posta de parte. Clique para visitar o dossiê Escândalo DSK
Lusa e El País |
Manifestantes à porta do tribunal em Manhattan em protesto, ontem, contra a libertação de DSK
Manifestantes à porta do tribunal em Manhattan em protesto, ontem, contra a libertação de DSK / John Minchilo/AP

Um dos dois advogados de Dominique Strauss-Kahn, Benjamin Brafman, afirmou que o seu cliente não tenciona dar dinheiro à alegada vítima de violação, Nafissatou Diallo, numa entrevista hoje publicada pelo "Aujourd'hui no France/Le Parisien". 

Clique para aceder ao índice do dossiê Escândalo DSK

"É preciso que fique claro para os franceses: DSK não tem qualquer intenção e nunca teve qualquer intenção de lhe dar dinheiro", declarou. Segundo o advogado, a queixosa "não sofreu prejuízo" e DSK está "inocente".

Entretanto, a um mês da eleições primárias dentro do partido socialista (que vai definir quem irá concorrer nas presidenciais), enquanto os socialistas celebraram esta noite a libertação de DSK e questionam sobre o seu futuro político, a  deputada e ex-ministra comunista Marie-George Buffet  lamentou que o processo tenha sido arquivado,  o que considera "uma má notícia para a justiça e para as mulheres".

Processo civil pode ser arquivado


Benjamin Brafman considerou igualmente que o processo instaurado na justiça civil também "vai falhar como o procedimento penal". "Se a palavra desta mulher não foi considerada credível uma vez, não o será uma segunda vez", acrescentou.

O abandono de todas as acusações põe fim ao processo penal, mas DSK não ficou completamente livre da alçada da justiça norte-americana.

Os advogados de Diallo apresentaram no princípio de agosto um processo civil perante um tribunal do Bronx para obter uma compensação financeira pelos danos causados por DSK na sua cliente.

Socialistas celebram libertação de DSK 


Ontem à noite, segundo o "El País", os socialistas  franceses, liderados pela primeira secretária do partido, Martine Aubry,  celebraram "com alívio" o arquivamento das queixas contra DSK, que era o seu principal candidato às presidenciais do próximo ano.

Martine Aubry,  uma das principais candidatas nas eleições primárias de outubro,  manteve contato quase diário com o casal Strauss-Khan desde o início do escândalo e disse que está contente com o desfecho, por ele e por Anne Sinclair, a mulher do antigo homem forte do FMI. 

A líder socialista deixa a porta aberta a um regresso à política de DSK, o que embora pareça difícil mas está na mente de todos. "Espero que isso (arquivamento do processo) também nos  leve a acreditar na palavra de Dominique Strauss-Khan".

François Hollande, principal rival de Aubry, por sua vez, afirmou que "os conhecimentos económicos de DSK podem ser úteis para o país"


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 4 Comentar
ordenar por:
mais votados
Esse é um filme antigo,
sempre em cartaz nas melhores esquinas do mundo. Rio Grande
socialistas celebram libertação de DSK ...


já vi um filme semelhante em Portugal !!

E o relatorio medico que confirma indicios de violação ? Os medicos tambem não são crediveis ?

vai ser arquivado da mesma forma que foi arquivado o relatorio do outro bacano que fez cirurgua para remover um sinal comprometedor ?

Voltar há vida activa
Finalmente o Sr. DSK está livre para poder voltar á sua vida normal, ou seja á violações.
Homens...
Os maricas não gostam nada de quem gosta de mulheres....
Comentários 4 Comentar

Últimas

Ver mais

Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub