61
Anterior
Soluções para a geração lixada: como arranjar casa?
Seguinte
Soluções para a geração lixada: mudar a segurança social
Página Inicial   >  Blogues  >  A Tempo e a Desmodo  >   Drama Queen (aka José Sócrates)

Drama Queen (aka José Sócrates)

|

I. Eis o resumo do discurso do nosso glorioso primeiro-ministro: "há maus lá fora, e há traidores cá dentro. O mundo está cheio de conspiradores que põem em causa Portugal e a minha governação". Ou seja, assistimos a uma espécie de aplicação da tese da cabala à política internacional. Perante este show de populismo básico e venezuelano (no sentido telenoveleiro), a pergunta é só uma: José Sócrates acha mesmo que todos os portugueses são idiotas? É que, ainda por cima, o homem faz este drama como se tivesse chegado ontem ao poder. Este indivíduo fala como se não fosse primeiro-ministro desde 2005. A culpa, ora ora, é sempre dos outros: ou do FMI, ou dos mercados, ou da extrema-esquerda, ou da direita. A culpa nunca é do PS que está no poder há 15 anos. Pois claro: o PS é sempre bom e senhor da verdade, mesmo quando enterra o país. 

II. Neste momento, José Sócrates só tem uma arma: o nacionalismo serôdio. A esquerda moderada está assim reduzida a uma lógica "temos de parar os maus que vêm de fora". Agora, nem vale a pena explicar que não é o FMI que vai entrar, mas sim o FEEF, ou seja, a UE. Agora, só vale a pena dizer que o nacionalismo mais básico é o que resta ao PS. Um nacionalismo que assenta numa tática bushista: "ou estás comigo, ou estás contra mim; se não estás comigo és um traidor à pátria". Que beleza. Sócrates não comunica ao país o PEC IV, mas os outros é que são traidores. Que beleza. Os juros da nossa dívida estão na casa dos 7% e 8%, mas ele diz que está a salvar a pátria. Que beleza. Recusa-se a pedir ajuda ao FEEF a juros a 5%, porque é bom andar a colocar dívida a 8%. Uhm, sabe tão bem. Obrigado, José. Obrigado por colocares a tua sobrevivência política à frente do dinheiro de todos os portugueses.

III. Este indivíduo-que-por-acaso-é-primeiro-ministro vai cortar ou congelar a reforma do meu padrinho (uns míseros euros), mas não é capaz de acabar com o TGV. E depois ainda diz que aqueles que o criticam são traidores da pátria. Caro José Sócrates, eu, como mísero traidor da pátria, já nem sei o que te diga.


Opinião


Multimédia

Voámos num F-16

Um piloto da Força Aérea voou com uma câmara GoPro do Expresso e temos imagens inéditas e exclusivas para lhe mostrar num trabalho multimédia.

Salada de salmão com sorvete de manga

Especialista em pratos de confeção acessível, com ingredientes ao alcance de qualquer pessoa, Tiger escolheu a gastronomia como forma de estar na vida. Veja, confecione, desfrute e impressione.

Por faróis nunca dantes navegados

São a salvaguarda dos navegantes, a luz que tranquiliza o mar. Há 48 faróis em Portugal continental e nas ilhas. Este é um acontecimento único: todos os faróis e 1830 km de costa disponíveis num mesmo trabalho. Para entendê-los e vê-los, basta navegar neste artigo.

Parecem casulos onde gente hiberna à espera de ver terra

No Porto de Manaus não há barcos, mas autocarros bíblicos que caminham sobre água. Têm vários andares e estão cheios de camas de rede que parecem casulos onde homens, mulheres e crianças aguardam o destino. E há gente a vender o que houver e tiver de ser junto ao Porto. "Como há Copa, tem por aí muito gringo que vem ter com 'nóis'. E então fica mais fácil vender"

O adeus de Lobo Antunes às aulas de medicina

O neurocirurgião deu terça-feira a sua "Última Lição" no auditório do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, na véspera de deixar o seu trabalho no serviço nacional de saúde.

Jaguar volta a fabricar desportivo dos anos 60

Até ao verão será fabricado um número limitado de desportivos Jaguar E-Type Lightweight, seguindo todas as especificações originais, incluindo a continuação do número de série das unidades produzidas em 1963.

"Naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas"

Mais do que uma manifestação, o 'primeiro' 1º de Maio é recordado como a grande festa da Revolução dos Cravos, quando o povo saiu às ruas em massa e a união das esquerdas era um sonho possível. "O 1º de Maio seria mais uma primeira coisa, porque naquela altura estavam continuamente a acontecer primeiras coisas." Foi há 40 anos.

Este trabalho não foi visado por qualquer comissão de censura

Aquilo que hoje é uma expressão anacrónica estava em relevo na primeira página do "República", a 25 de Abril de 1974: "Este jornal não foi visado por qualquer comissão de censura". Quarenta anos depois da Revolução, veja os jornais, ouça os sons e compreenda como decorreu o "dia inicial inteiro e limpo", como lhe chamou Sophia. O Expresso falou ainda com cinco gerações de 40 anos e percorreu a "geografia" das Ruas 25 de Abril de todo o país, falando com quem lá mora. Veja a reportagem multimédia.


Comentários 61 Comentar
ordenar por:
mais votados
A PERSONIFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE
Sócrates personifica a falência d toda a III Republica. Trata-se d uma personagem com graves deficiências d carácter q viu na politica a única via d poder algum dia ser alguém e, conseguiu. Com ele tudo è relativo, nada è claro. O q ontem era verdade, hoje já não o è e amanhã, nunca aconteceu. Trata-se d um mentiroso e d um vigarista a quem só um distraído compraria uma bicicleta. Todo o seu consulado è feito d promessas fáceis, mentiras descaradas e grosseiras leituras dos factos. Nas últimas legislativas conseguiu o impossível q foi enganar todo um povo. Todos os indicadores e números avançados durante a sua campanha foram em menos d um mês desmentidos. Eu não vi nem ouvi o ultimo discurso desse aldrabão mas calculo q tenha sido um crescente superlativa do mais do mesmo… o mundo conspira contra nós e eu, só eu è q sei o caminho p sair da crise em q a pátria está mergulhada. Irónico a espiral retórica nacionalista balofa dos actuais socialistas. Palavras amaldiçoadas no passado são hoje os chavões do presente e ainda os veremos a finalizar os meetings com o hino nacional e d punho erguido. Como aqui sempre disse as eleições q hoje pairam sob o país real já há muito q deviam ter tido lugar. Os mercados são imunes a saltos e piruetas e regem-se pela negra objectividade da real informação q vai saindo e q o PS escamoteia dos portugueses. A 1ª medida p sanear Portugal e reencaminha-lo p o bem è afastar Sócrates e o PS do poder. Contra factos não há argumentos e, eles no ...
Re:A PERSONIFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE 2
Mas é o PSD que fala verdade? hihihihihi....
Re: Mas é o PSD que fala verdade? hihihihihi....
Re: Re:A PERSONIFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE 2
Re: Re:A PERSONIFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE 2
Re: Re:A PERSONnFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE 2
A UE APOIA ESTAS MEDIDAS E ESTÁS CHEIO DE INVEJA?
Re: A UE APOIA ESTAS MEDIDAS E ESTÁS CHEIO DE INVE
Re: A UE APOIA ESTAS MEDIDAS E ESTÁS CHEIO DE INVE
Re: A UE APOIA ESTAS MEDIDAS E ESTÁS CHEIO DE INVE
Re: A PERSONIFICAÇÃO DA MENTIRA E DA VIGARICE
Drama José Sócrates
Que a economia não é uma ciência exata já todos sabemos, pois sofre a influência de diversos fatores externos. Veja-se o abalo que a revolta do Mundo Árabe está a causar e o que vai causar o abano no Japão. O orgulhosamente só já foi chão que deu uvas. Uma coisa eu tenho a certeza, que Sócrates é determinado e não exita em fazer o que for necessário e no presente o que lhe manda fazer Bruxelas ou antes a Srª. Merkel. Na verdade aqui dou razão a Ferreira Leite, que nós não mandamos nada. Ela lá sabe o que lhe aconteceu quando foi Ministra das Finanças e não tinhamos uma crise Mundial em cima. Seja Sócrates, Passos Coelho, que eu duvido que alguma dia o será, Capucho, ou Rui Rio, não podem ignorar esta realidade. Quem manda é a mãe e mais ninguém. Até terminarem os PECs ainda vai correr muita água debaixo da ponte.
Legitimidade da pedrada...
Esta greve dos patrões dos camiões não é inocente
 
Acontece simultâneamnte com a tentativa de golpe do ultra liberalismo e à falta de legitimidade politica para imporem as suas iniciativas resolveram impô-las à pedrada...
A mulher de Alberto Martins recebe 72 mil euros
É mais um escândalo do Governo Sócrates e que atinge o seu Ministro da Justiça Alberto Martins.Conforme a 1ª página de hoje do Diário de Notícias,a mulher de Alberto Martins recebeu, contra os pareceres da hierarquia,72 mil euros por acumulação de funções no Ministério Público.O ex-secretário de Estado João Correia despachou favoravelmente,mas disse ao Jornal que não se lembra.
É assim : os lá de cima tratam da vidinha e as reformas de 2oo euros são congeladas no PEC4,O PEC de Sócrates.de quem havia de ser ?
Passos Coelho agora que se desenrasque...
Re: A mulher de Alberto Martins recebe 72 mil euro
Re: A mulher de Alberto Martins recebe 72 mil euro
A Subducção das placas
Tal como no sismo do Japão em que do Pacífico mergulha sob a placa Eurásica, formando um arco de ilha atrás da zona de subducção, também na política vai dar-se um embate fortíssimo entre dois grandes pólos que simbolizam a direita e a esquerda.

Estamos a assistir aos pequenos abalos que prenunciam o big one.

Será que os habitantes desta parte da jangada terão de passar sempre por imbecis e permitir as maiores barbaridades ditas por determinados comentadores?

Tudo está muito bem planeado: Professores segue-se CGTP segue-se À RASCA segue-se Camionistas segue-se amuo do PSD segue-se tentativa de deitar abaixo segue-se expulsão do euro segue-se miséria e fome.

É isto que querem? Sejam sinceros: é isto que querem?

Então o termo traidores assenta como uma luva oh Henrique!
Re: A Subducção das placas
Re: A Subducção das placas
Re: A Subducção das placas
E o burro sou eu?
Re: E o burro sou eu?
Re: E o burro sou eu?
Socrates assusta
Um bom texto Henrique.
Socrates assusta não só pela incompetência mas pela falta de caracter , hipocrisia e mentira.São demasiados defeitos juntos .Como é possivel que alguém no seu perfeito juizo possa respeitar e acreditar neste fulano??
Discurso
Um discuro em que a montanha pariu um rato e fêz lembrar as célebres "comvrsas em família" de marcelo Caetano.
Desculpas esfarrapadas, argumentos sem nexo, considerar-se o único PATRIOTA e todos os outros "TRAIDORES"!
E desmentindo-se a si póprio com a aparesentação deste novo PEC ( O novo surge muito em breve !), pois no próprio dia da posse o Presidente da República declarou que não eram necessárias nenhumas medidas adicionais.
E o curioso é que este PEC já estava imposto pela Sra. Merkel.
José Sócrates limitou-se a ser o mensageiro !
Sr. PM convença-se de que o seu ciclo terminou.
Se ainda é Primeiro Ministro deve-ao ao PSD, a quem critica todos os dias !
Nem sabe o que é GRATIDÃO !
Não vê como é contestado ?
Não há pior cego que aquele que vê e não quer ver !
É o seu caso !
Acabar com o TGV? Está maluco?
Se houve dinheiro para a porra dos submarinos...
...que não trazem qualquer proveito a Portugal, também tem de haver para o TGV que vai trazer negócios, turismo e já tem os apoios aprovados pela UE.

SÓ EM PORTUGAL É QUE A DIREITA RETRÓDGADA E SERÔDIA QUER ANDAR DE COMBOIOS A VAPOR!
Re: Se houve dinheiro para a porra dos submarinos.
Socrates espalhou manteiga pelo tapete que Cavaco
estendeu a Passos Coelho e quando Passos Coelho for recebido por Cavaco Silva, este só tem que lhe dizer que estão os dois entalados e com o tapete escorregadio ha o perigo de um grande estatelanço, por isso é melhor de forma sem dar nas vistas retirar-se lentamente o tapete...
HR
O nosso primeiro ministro está como Kaddafi que a culpa é da Alqaeda, assim como o PSD em permitir esta desgraça.
Mas pelo que constato é que os Portugueses não sabem o que querem, pelo menos uma boa parte.
LEGALISED AND INSTITUTIONALISED CRIME !!!!!!!!!!!
Boa crónica
Os bloguistas-mor do Expresso hoje primaram e apresentaram um bom produto. A situação está que arde, e, quem pode decidir, tem que ter a cabeça muito fria, pois, um passo em falso e vamos todos por água abaixo (já vamos a caminho). Tem que haver alguém que dê prioridade ao interesse geral, já que há actores que só lutam pela sobrevivência pessoal.
Um bom imbróglio.!!!
Re: Drama Queen (aka José Sócrates)
A questão do TGV, calculo eu, já é muito complicada de voltar atrás, acredito que a razão porque não voltam atrás é por já há documentos assinados e acordos feitos...
Re: Drama Queen (aka José Sócrates)
Publicidade
Olhe, caro articulista,

Se V. Exa imaginasse a trabalheira que eu tive para conseguir lê-lo...

Quero através de si dizer ao Sr Belmiro que a publicidade dos supermercados Continente, no Expresso on-line, tirou-me do sério.
Decidi portanto deixar de frequentar esses supermercados.

Grato pela atenção dispensada
Re: Publicidade
Re: Publicidade
Re: Publicidade
Comentários 61 Comentar

Últimas


Edição Diária 17.Abr.2014

Leia no seu telemóvel, tablet e computador
PUBLICIDADE

Pub