Siga-nos

Perfil

Expresso

Caso BPP

BPP: Sócrates garante que depósitos estão assegurados

"O que aconteceu no BPP foi da responsabilidade do BPP", frisou o primeiro-ministro. Clique para visitar o dossiê Orçamento do Estado 2010

O primeiro ministro, José Sócrates, garantiu hoje no Porto que os clientes do BPP têm os seus depósitos assegurados na proposta do Orçamento de Estado e que a partir de março poderão receber parte das quantias aplicadas.

Clique para aceder ao índice do ORÇAMENTO DO ESTADO 2010

"O que nós decidimos fazer na proposta de Orçamento do Estado, é assegurar os depósitos. Em segundo lugar, constituir um fundo para que todos os cidadãos portugueses que tinham o seu dinheiro aplicado no retorno absoluto possam recuperar até 250 mil euros", explicou José Sócrates à margem das comemorações do 31 de janeiro, no Porto, durante as quais um pequeno grupo de clientes do BPP aproveitou para se manifestar.

Para que os clientes possam recuperar até 250 mil euros José Sócrates salientou que "o Estado providenciou um fundo" não só por ser "aquilo que é justo e razoável" mas também para "contribuir para a credibilidade do nosso sistema financeiro".

"O que aconteceu no BPP foi da responsabilidade do BPP", frisou o primeiro