Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Caso BPN

Dias Loureiro envolvido noutro processo

  • 333

O ex-conselheiro de Estado é alvo de novo processo do Ministério Público, por suspeitas de recepção de luvas na venda da Plêiade à SLN, avança o 'Diário Económico'.

O Ministério Público abriu um novo processo que envolve Manuel Dias Loureiro, no âmbito Caso BPN, por alegadas comissões na venda da Plêiade à Sociedade Lusa de Negócios (SLN).

A Plêiade era uma empresa de José Roquette, na área de infra-estruturas e energia, onde Manuel Dias Loureiro diz ter tido uma participação de 15%, mas segundo o 'Diário Económico' essa versão não é aceite pelos investigadores que suspeitam que o ex-conselheiro de Estado tenha recebido mais de oito milhões de euros pelo negócio.

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ CASO BPN

Os documentos que abrem suspeitas foram apreendidos durante as buscas realizadas à casa de Dias Loureiro, no final da semana passada.

Este processo soma-se, assim, a outro em que ex-administrador da SLN foi constituído arguido e que é relativo à compra em 2001 da empresa tecnológica Biometrics, de Porto Rico. Dias Loureiro é suspeito de crimes de fraude fiscal, burla, branqueamento de capitais e falsificação de documentos.