Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

Jogos Olímpicos 2012

Telma Santos foi 'atropelada' por Intanon

  • 333

"Parece que estava a jogar contra uma parede, ela devolvia tudo", confessou a jogadora de badminton, hoje afastada pela tailandesa Ratchanok Intanon, 10ª do ranking.

Telma Santos foi hoje 'atropelada' pela tailandesa Ratchanok Intanon, no segundo e último jogo da fase de grupos, mas terminou com "orgulho" a sua participação no torneio feminino de badminton dos Jogos Olímpicos-2012, em Londres.  

Clique para aceder ao índice do Dossiê Jogos Olímpicos 2012

Depois de na segunda-feira ter feito história ao somar a primeira vitória da história para Portugal nesta prova, a estreante Telma Santos tentou hoje o apuramento inédito para oitavos de final, mas não teve argumentos para superar a 10ª jogadora do ranking mundial.  

Em 29 minutos, Intanon, três vezes campeã mundial de juniores, 'despachou' a portuguesa com os parciais de 21-12 e 21-6 e demonstrou que é uma série candidata às medalhas. A tailandesa tem um smash de direita de grande potência, que acaba por ser até "intimidante", visto que tem apenas 17 anos de idade.     

"Parece que estava a jogar contra uma parede, ela devolvia tudo. O meu objetivo era fazer o máximo número de pontos e não desistir de nenhuma jogada. Os pontos que consegui tive que lutar muito por eles, foram quase como pequenas vitórias", afirmou Telma Santos aos jornalistas, após o encontro na Wembley Arena.  

Mesmo assim, a atleta de 28 anos e 73ª do ranking mostrou-se "orgulhosa" da sua participação em Londres, naqueles que foram os seus primeiros Jogos Olímpicos. "Estou orgulhosa daquilo que fiz. Consegui uma vitória e fiz um primeiro set muito bom contra uma jogadora de top. Foi uma boa experiência e fiquei com o 'bichinho' para tentar outra qualificação", referiu.  

A eliminação de Telma Santos fechou a participação portuguesa no torneio olímpico de badminton, depois de Pedro Martins também ter sido afastado na segunda-feira perante o dinamarquês Peter Gade, 5.º cabeça de série.