Expresso

Siga-nos

Perfil

Perfil

WikiLeaks

WikiLeaks: porta-voz do Departamento de Estado dos EUA demite-se

  • 333

Philip Crowley demitiu-se devido ao "impacto" das suas críticas ao Pentágono sobre as condições de detenção do soldado Manning. Clique para visitar o dossiê WikiLeaks

O porta-voz do Departamento de Estado norte-americano, Philip Crowley, anunciou hoje a demissão do cargo devido ao "impacto" das suas críticas ao Pentágono acerca das condições de detenção do soldado Bradley Manning, encarcerado por ter passado documentos secretos ao WikiLeaks.    

Clique para aceder ao índice do dossiê WikiLeaksO tratamento a que está sujeito o soldado Manning é "ridículo, contraproducente e estúpido", disse Philip Crowley, segundo comentários feitos sexta-feira por uma jornalista da BBC no seu blogue pessoal.     "Dado o impacto das minhas observações, sobre as quais assumo inteira responsabilidade, apresentei a minha demissão do cargo de porta-voz do Departamento de Estado", anunciou hoje Crowley num comunicado.  

Cargo será ocupado por Mike Hammer 

No mesmo comunicado, a secretária de Estado, Hillary Clinton, diz ter aceite o pedido de demissão de Crowley, de quem destacou "a profunda dedicação ao serviço público e da diplomacia" dos Estados Unidos.     O cargo será interinamente desempenhado por Mike Hammer, que era adjunto de Crowley, lê-se ainda no comunicado, em que Clinton anuncia que inicia hoje uma deslocação a Paris, Tunísia e Egito.