Siga-nos

Perfil

Expresso

Vulcão pára aviões

Vulcão na Islândia afeta voos para o Reino Unido

Nuvem de cinza proveniente de um vulcão em erupção na Islândia está a afetar ligações aéreas no Atlântico norte. Voos de Portugal para o Reino Unido serão todos condicionados. (Ver vídeo SIC no final do texto) 

O porta-voz da ANA - Aeroportos de Portugal disse hoje à Lusa que "todos os voos para o Reino Unido vão ser afetados em Faro, Lisboa e Porto" na sequência da nuvem de cinza proveniente de um vulcão na Islândia. 

O vulcão, no glaciar Eyjafjllajokull, no sul da Islândia, registou na quarta-feira a segunda erupção em menos de um mês.

"Todos os voos para o Reino Unido vão ser afetados em Faro, Lisboa e Porto, visto que todo o espaço aéreo será afetado", disse a responsável pela gestão dos aeroportos nacionais. 

 A ANA recomenda aos passageiros que contactem as companhias aéreas para confirmar se os voos vão ser realizados ou não.  

Aeroportos encerrados 

O Reino Unido e a Dinamarca decidiram hoje encerrar o seu espaço aéreo devido às nuvens de cinzas provenientes da erupção.

 

Os serviços de controlo aéreo britânicos anunciaram ter decidido encerrar totalmente o espaço aéreo britânico a partir das 11h TMG (12h em Lisboa) e "pelo menos" até às 17h TMG (18h em Lisboa). 

Durante esse período, "não será autorizado nenhum voo no espaço aéreo britânico, à exceção de situações de emergência", indicou o National Air Traffic Service (NATS, controlo aéreo). 

 

Hoje de manhã, cerca de uma centena de voos foram anulados em Heathrow, o aeroporto mais movimentado do mundo, e cerca de 150 em Gatwick. 

 Na Dinamarca, e depois de um anúncio de que o espaço aéreo sobre o Mar do Norte estava encerrado a todo o tráfego, as autoridades anunciaram entretanto que todo o seu espaço aéreo vai estar encerrado a partir das16h TMG (17h em Lisboa). 

 

A companhia aérea escandinava SAS suspendeu todos os voos da Dinamarca para a Noruega, Escócia e norte de Inglaterra.  

Aeroporto de Bruxelas pode encerrar

 

O aeroporto de Bruxelas informou entretanto, num comunicado, que "há fortes possibilidades de aeroporto ser forçado a parar todas as operações hoje". 

 

Na Islândia, no entanto, o tráfego aéreo não está a ser perturbado, e os voos com partida ou destino Reiquejavique estão a fazer-se com normalidade, segundo as autoridades aeroportuárias islandesas. 

 

O espaço aéreo na Noruega e na Suécia também está a ser afetado, tendo sido já cancelados vários voos.  

Voos cancelados 

Dezoito voos entre Madrid e Londres foram cancelados nas primeiras horas do dia de hoje devido a nuvens de cinza de um vulcão na Islândia que entrou em erupção, segundo confirmaram fontes da AENA, entidade que gere os aeroportos espanhóis. 

Trata-se de nove voos com origem em Madrid e nove com origem em Londres, pertencentes às principais empresas que fazem a rota, como o caso da Ibéria, EasyJet ou British Airways. 

O Serviço Nacional de Tráfego Aéreo explicou as restrições aos voos com o facto de a "cinza vulcânica representar uma ameaça significante à segurança dos aviões". O espaço aéreo na Noruega e na Suécia também está a ser afetado, tendo sido já cancelados vários voos.  

Na quarta feira, cerca de 800 pessoas foram retiradas das suas habitações no sul da Islândia devido à erupção do vulcão.

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.