Siga-nos

Perfil

Expresso

Vulcão pára aviões

Cavaco a caminho de Lisboa

O Presidente da República partiu hoje de Barcelona às 20h00 locais (19h00 em Lisboa) devendo aterrar em Lisboa cerca das 20h30, depois de uma viagem de 1 700 quilómetros de carro desde Praga. Clique para visitar o dossiê Vulcão Pára Aviões

 A restante comitiva que acompanhou Cavaco Silva na visita de Estado que realizou à República Checa, que integra perto de uma centena de pessoas, entre os quais 35 empresários, 23 jornalistas, membros do Protocolo de Estado, da Casa Civil do Presidente, e outros convidados, só deverá partir de Barcelona cerca das 22h30 a bordo de um C-130 da Força Aérea. 

Clique para aceder ao índice do DOSSIÊ VULCÃO PÁRA AVIÕES

Cavaco Silva ficou retido em Praga na sexta feira, dia em que deveria ter regressado a Lisboa depois da visita oficial à República Checa, devido à nuvem de cinzas vulcânicas proveniente da Islândia que provocou o encerramento do espaço aéreo checo. 

No sábado, sem qualquer previsão sobre a abertura do espaço aéreo da República Checa e dos países vizinhos, o Presidente da República partiu de carro para Estrasburgo depois do almoço, numa viagem de pouco mais de 600 quilómetros. 

Hoje, o Presidente da República partiu daquela cidade francesa logo de manhã, fazendo 1 110 quilómetros de automóvel até Barcelona. 

A restante comitiva fez o mesmo percurso que Cavaco Silva, mas dividida por três autocarros.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.