Siga-nos

Perfil

Expresso

Bento XVI em Portugal

160 mil em Lisboa para ver o Papa

Ministério das Finanças servirá de sacristia para a missa que Bento XVI celebrará no Terreiro do Paço, com uma lotação entre 70 e 80 mil pessoas. Clique para aceder ao índice do dossiê Bento XVI em Portugal

Clique para aceder ao índice do dossiê Bento XVI em Portugal A comissão organizadora da missa presidida pelo Papa Bento XVI no Terreiro do Paço espera a presença de 160 mil pessoas em Lisboa, estando entre 70 a 80 mil na praça do Comércio. 

A "capacidade máxima" do Terreiro do Paço é de 70 a 80 mil pessoas, mas "ao todo", espalhadas pelas imediações e nos percursos feitos por Bento XVI, são esperadas 160 mil pessoas, afirmou hoje em conferência de imprensa o padre Mário Rui Pedras, da comissão organizadora. 

Serão instalados seis écrãs, três no Terreiro do Paço, um na avenida Infante Santo, um na praça do Município e outro debaixo do arco da rua Augusta. Nas ruas da Prata e do Ouro serão instalados equipamentos de som. 

Pessoas não serão revistas à entrada

Sobre a segurança da visita não foram adiantados pormenores, apenas que não haverá revista das pessoas que assistirão à missa. 

"No dia da missa estarão no terreno mais de três mil voluntários, sobretudo jovens. Dois mil já se encontram inscritos", disse o padre Mário Rui Pedras.

Na praça do Município estarão instaladas 1500 cadeiras para pessoas com dificuldades de mobilidade, que serão atribuídas mediante inscrição nas paróquias. 

Na missa serão distribuídas 40 mil hóstias da comunhão, por 400 sacerdotes, 50 diáconos, 100 seminaristas e 400 acólitos, ajudados por 300 cadetes dos três ramos das Forças Armadas. Trinta pessoas irão receber a comunhão do próprio Papa. 

Coro de 300 vozes

Estas pessoas foram selecionadas pelas dioceses, sendo "representativas" das comunidades, incluindo, assim, por exemplo, um seminarista, uma criança, um jovem, uma família. 

No altar estarão 40 cadeiras desenhadas pelo designer Philippe Starck, reservadas a bispos portugueses e estrangeiros. 

O coro é composto por 300 vozes, que se juntam 62 instrumentistas. 

Haverá cinco sacristias disponibilizadas para que o Papa, bispos, padres, diáconos e acólitos preparem-se para a missa. O Ministério das Finanças servirá de sacristia a Bento XVI.  

A partir de sábado serão distribuídos pelas paróquias da diocese de Lisboa 200 mil folhetos com "informações úteis" sobre a visita de Bento XVI à capital. 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***