Siga-nos

Perfil

Expresso

Eleições em Espanha

ETA 'entra' na campanha

Um artefacto explodiu ontem junto a uma sede socialista no Pais Basco. Não houve vítimas, mas a ETA já veio hoje reivindicar o atentado, demonstrando que continua activa.

Margarida Mota, no País Basco

A organização terrorista basca ETA reivindicou a explosão, hoje de madrugada, de um artefacto junto à Casa do Povo de Derio, onde funciona a sede do Partido Socialista Basco. O ataque apenas provocou estragos, uma vez que foi antecipado por uma chamada telefónica para o 112, em nome da ETA, alertando para a iminência da explosão, o que possibilitou a evacuação do local.

A confirmar a operacionalidade da ETA, a Confederação Empresarial Basca (Confebask) anunciou ontem que vários empresários bascos receberam novas cartas de extorsão enviadas pela organização terrorista, exigindo o pagamento do chamado "imposto revolucionário". A Confebask diz que esta prática chantagista tem sido uma constante nos últimos meses.