Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Veja como poderá ser a meteorologia na TV em 2050

Manifestação. Ativistas ambientais descansam no centro de Lima, capital do Peru, depois de participarem na Marcha do Povo pelo Clima perto do edifício onde termina hoje à noite a Cimeira da ONU. O objetivo da megaconferência é preparar um acordo vinculativo de redução dos gases com efeito de estufa, envolvendo todos os países do mundo, que suceda ao Protocolo de Quioto na Cimeira de Paris, marcada para dezembro de 2015.

Mariana Bazo/Reuters

A Organização Meteorológica Mundial convidou apresentadores de TV em todo o mundo para anteciparem um boletim meteorológico  de 2050,  durante a Cimeira da ONU sobre o Clima que termina hoje à noite em Lima, no Peru. Veja aqui como poderá ser o tempo no Brasil e em Espanha dentro de 36 anos.

Virgílio Azevedo

Virgílio Azevedo

Redator Principal

Se as emissões de gases com efeito de estufa de origem humana continuarem a aumentar, a temperatura média da Terra na baixa atmosfera poderá subir mais de quatro graus Celsius até ao final do século, alerta a Organização Meteorológica Mundial (OMM). Mas qual será o impacto real do aumento global das temperaturas? E como iremos senti-lo na nossa vida do dia a dia? Para o tentar saber, antes de começar a Cimeira da ONU sobre o Clima, que termina hoje à noite em Lima, capital do Peru, a OMM convidou apresentadores da meteorologia na TV de todo o mundo a imaginarem "um boletim meteorológico no ano 2050".

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI