Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Um dia de loucos

  • 333

Confusão. Depois da recontagem, a CDU ficou com menos 12 votos do que os necessários para eleger o terceiro deputado

Tiago Petinga/Lusa

CDU e PSD vão recorrer para o Constitucional, o mais recente capítulo do folhetim em torno das eleições regionais da Madeira de 29 de Março.

Marta Caires, correspondente na Madeira

O juiz da Comarca da Madeira exige um esclarecimento público e formal da Comissão Nacional de Eleições pelo que se passou na assembleia de apuramento geral dos resultados das regionais da Madeira. Esta é apenas uma das ondas de choque da grande trapalhada desta terça-feira que, por duas horas, tirou a maioria absoluta ao PSD. A CDU exige a recontagem total dos votos, assim como o CDS, que quer a demissão do presidente da Comissão Nacional de Eleições. Comunistas e sociais-democratas vão recorrer para o Tribunal Constitucional, o novo capítulo da novela em torno das eleições de 29 de Março.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI