Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Sindicalização em queda livre

  • 333

Sindicatos. Para os autores, as estruturas que representam os trabalhadores têm de se aproximar dos movimentos sociais espontâneos F

Tiago Miranda

Em 34 anos, a taxa de sindicalização em Portugal desceu 41,8 pontos percentuais. E, numa semana em que os transportes voltam a marcar a agenda nacional com paralisações, um artigo inédito, coassinado pelo ex-secretário-geral da CGTP, Manuel Carvalho da Silva, revela as grandes dúvidas dos especialistas quanto ao futuro das estruturas sindicais. 

O Governo já está preocupado com a anunciada greve de dez dias da TAP - a começar no simbólico Dia do Trabalhador, em pleno período de privatização da companhia aérea -, ainda não resolveu as paralisações nos caminhos de ferro e tem conseguido adiar a greve do metropolitano de Lisboa com a fixação de serviços mínimos. Visto à distância, o sindicalismo parece gozar de boa saúde. Observado mais de perto, contudo, não é possível esconder os evidentes sinais de falta de vitalidade. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI