Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Greves no metro de Lisboa: oito num só ano

Protestos. A adesão à greve do metro desta segunda-feira terá rondado os 100%. Não haverá comboios a circular até amanhã, terça-feira, às 6h30

António Cotrim /Lusa

O número de paralisações no metropolitano de Lisboa é superior aos da CP, da Carris, da TAP ou da Refer em 2014. Ainda assim, inferior ao ano passado.

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A greve de hoje é a oitava, e muito provavelmente a última este ano, dos trabalhadores do metropolitano de Lisboa. As estações vão estar encerradas até às 06h30 horas de amanhã, terça-feira, por causa dos protestos dos funcionários que defendem o serviço público da empresa e contestam a redução de pessoal que tem sido levada a cabo nos últimos anos. "O número de greves este ano é ainda assim inferior ao do ano passado, quando se realizaram entre 11 a 12 paralisações", revela Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI