Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Estão presos. Querem ganhar o Audi, mas a cantina não passa faturas

Reclamação. Reclusos de Lisboa querem concorrer aos Audi (A4 e A6) que as Finanças atribuem por sorteio

Ana Baião

Reclusos queixam-se às Finanças da cantina do Estabelecimento Prisional de Lisboa. Querem fatura das compras que lá fazem, mas não lhes dão. E assim ficam impedidos de ganhar o carro que o fisco atribui em sorteio.

Carlos Abreu (texto) e Carlos Paes (infografia)

Quarenta reclusos acusam o Estabelecimento Prisional de Lisboa (EPL) de "evasão fiscal e branqueamento de capitais" porque a cantina, uma espécie de minimercado da prisão, não lhes passa recibo dos alimentos e produtos que lá compram. "Movidos pela sua consciência cívica e deontológica", impedidos de se habilitarem ao sorteio do carro, já fizeram queixa às Finanças. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI