Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Eles não querem ser o Dubai da frente ribeirinha

  • 333

Projeto. Onde hoje estão as antigas fábricas da Lusalite vai ser erguido um empreendimento com cinco torres e uma marina.

José Carlos Carvalho

Três torres de 20 andares poderão ser erguidas na frente ribeirinha da Cruz Quebrada até 2018. Alegando que o projeto lhes vai "roubar as vistas e a praia", os residentes naquela área ameaçam ir para tribunal.

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

A tensão invadiu o salão gimnodesportivo do Centro Recreativo do Dafundo, no concelho de Oeiras, durante as quatro horas de debate que, na noite de segunda-feira, colocaram frente a frente o presidente da Câmara Municipal de Oeiras, Paulo Vistas, e mais de uma centena de moradores da Cruz Quebrada, Dafundo, Algés e Linda-a-Velha. A discussão pública oficial do projeto teve lugar em agosto de 2013 e o plano de pormenor foi aprovado em julho de 2014, mas só agora Paulo Vistas acedeu ao convite da assembleia geral da união daquelas freguesias para "esclarecer" pessoalmente os munícipes sobre o que aí vem. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI