Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Direção do BE cresceu e multiplicou-se

A dois. Catarina Martins, nova porta-voz do partido, com Pedro Filipe Soares (que também fica a mandar) ao fundo

José Sena Goulão/Lusa

Para resolver o impasse criado na última Convenção, o Bloco nomeou uma comissão permanente de seis dirigentes para liderar o partido. Catarina Martins será a porta-voz. João Semedo sai. A liderança era bicéfala. Passou a hexagonal?

Uma semana de discussões e negociações de bastidores resultaram em mais uma solução inédita de liderança no Bloco de Esquerda. Depois de João Semedo e Catarina Martins terem inaugurado, nos dois últimos anos, uma coordenação a dois - que não conseguiu provar - o partido inventou uma nova fórmula: será uma comissão permanente de seis elementos a comandar o partido até 2016. A comissão tem uma representação proporcional das várias candidaturas que chegaram a congresso. É paritária, mantendo a relação de forças entre homens e mulheres. Catarina Martins será porta-voz e Pedro Filipe Soares deverá manter-se líder da bancada parlamentar.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI