Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Como fica afinal o seu IRS?

Reviravolta. Despesas com educação voltam à lista das deduções

Houve mais uma reviravolta na atribulada reforma do IRS. Em nome do consenso partidário, a maioria parlamentar trouxe de volta as deduções de despesas com educação e com a casa. Mas não deixou cair o quociente familiar, cuja manutenção inviabiliza o consenso partidário. Votação da reforma na especialidade está marcada.

O braço-de-ferro entre o governo e o Partido Socialista (PS) forçou mudanças inesperadas na proposta de reforma do IRS. A maioria parlamentar PSD/CDS, em articulação com o executivo, reformulou as deduções, aproximando-as do que existe atualmente, e fez cair a chamada cláusula de salvaguarda. Mas não abriu mão do quociente familiar (a "estrela" da reforma), apesar da insistência dos socialistas. Para continuar a ler o artigo, clique AQUI