Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

As viagens ao bairro londrino dos jiadistas portugueses

Estado Islâmico. Fábio (à direita) posa ao lado do rapper alemão Deso Dogg algures na Síria

Como foi preparada a reportagem multimédia sobre a vida dos mujahedines de Leyton. O trabalho está publicado no site do Expresso.

Hugo Franco, Joana Beleza e Raquel Moleiro

Nos últimos oito meses, o Expresso tem acompanhado de perto o fenómeno da ida de jovens com nacionalidade portuguesa - alguns oriundos da Linha de Sintra, outros filhos de emigrantes em França, Holanda e Luxemburgo - para a guerra que se trava na Síria e no Iraque. São cerca de quinze os rapazes e as raparigas que se juntaram ao autoproclamado Estado Islâmico, segundo as contas dos serviços de informação portugueses. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI