Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A queda dos gigantes

Este foi o ano dos grandes casos. A detenção de José Sócrates à saída de um avião na noite de 21 de novembro fica para a história como o acontecimento mais marcante de doze meses alucinantes.

Este é o resumo do ano no mundo da Justiça. Podia ser feito de números: os 34 dias que um homem andou fugido à Justiça; ou os 44 dias em que os tribunais estiveram parados. Podia ser feito de avanços e recuos: alguns esperados, como sucedeu no caso do Meco; outros inesperados, como o do condenado, que afinal era inocente, que foi libertado ontem. Mas fez-se acima de tudo de nomes: uns condenados, como Duarte Lima, Maria de Lurdes Rodrigues e Armando Vara; outros suspeitos, como Ricardo Salgado e José Sócrates.

 

Para continuara ler o artigo, clique AQUI