Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A Europa quer continuar a castigar a Rússia?

  • 333

DECISÃO A chanceler alemã Angela Merkel tem assumido destaque na crise ucraniana, encabeçando encontros com Rússia e EUA FOTO STEPHANIE LECOCQ/EPA

Stephanie Lecock/Epa

A resposta é: Não é certo. Numa altura em que países como a Grécia engrossam a voz perante a continuação de sanções, os líderes europeus reúnem-se numa cimeira europeia que também discutirá o assunto. Com opiniões cada vez mais divididas, o mais provável é que os países empurrem o problema russo com a barriga.

Cátia Bruno

Cátia Bruno

Jornalista

Temos de manter as sanções de pé até que os acordos [de Minsk] sejam totalmente respeitados. Isto é, até Kiev ser responsável pelas suas próprias fronteiras." Foi assim que Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu e anfitrião da cimeira europeia que começa esta quinta-feira, se pronunciou no início da semana a propósito das sanções à Rússia. 

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI