Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

A casa de todos os livros

Mais do que um reservatório da História e das histórias, a Biblioteca Nacional assume-se como um espaço de produção de pensamento. E tem segredos, como uma torre e um cofre que não se veem. Aqui fica a republicação da reportagem dada à estampa na Única, em 2011

Christiana Martins (texto) e José Ventura (foto)

Entrar, deixar-se absorver pela imensidão do espaço, ouvir os próprios passos no chão de mármore. Guardar a mala no bengaleiro, receber um saco transparente para colocar os pertences. Tirar o som ao telemóvel. Passar pela Sala de Referências e procurar no computador o que se deseja. Encomendar. Escolher o lugar para sentar-se na Sala de Leitura. Aguardar o livro. Trabalhar.

 

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI