Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Não há muros suficientemente altos para travar pessoas com fome: a lição de Obama

Foto Getty

Era uma das conferências mais aguardadas do ano em Portugal: Obama foi ao Porto, falou das suas preocupações ambientais - que lamenta que não sejam as do seu sucessor - e uma das declarações mais aplaudidas versou sobre os muros da dignidade (ou falta dela)

"Yes, we can." O slogan que ajudou Barack Obama a conquistar a Casa Branca foi dito apenas uma vez na cimeira Climate Change Leadership, no Porto, por Catarina Furtado, a apresentadora do Climate Change Leadership Porto 2018, mas quem ouviu esta sexta-feira o 44º presidente dos Estados Unidos percebeu que esta pode ser, também, a frase certa para falar de alterações climáticas. Todos juntos "podemos fazer a diferença" e vencer este desafio.

Barack Obama, o principal orador desta cimeira, foi claro neste ponto. Afirmou que “podemos reduzir as emissões de gases em 30% a 35% com as tecnologias que já existem”, frisando que, apesar de o seu sucessor na Casa Branca, Donald Trump, “não concordar com as suas iniciativas ambientais, o caminho iniciado terá continuidade”. “Tenho confiança de que a política dos EUA se alinhe novamente com o pensamento científico [nestas matérias]”, avançou.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)