Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Discurso histórico de João Lourenço em Estrasburgo sem referências a Portugal mas as relações “estão boas”

reuters

Presidente de Angola, João Lourenço, esteve esta quarta-feira no Parlamento Europeu, onde durante 15 minutos assinalou os ventos de mudança em Angola, vincando que é “um país mais aberto ao mundo e por isso mais amigo do investimento”

João Lourenço tornou-se esta quarta-feira o primeiro Presidente de Angola a discursar no Parlamento Europeu. Lourenço, que sucedeu em setembro de 2017 a José Eduardo dos Santos, não fez qualquer referência a Portugal nesta aparição histórica, embora a seguir, em conversa com os jornalistas, tenha assegurado que as relações entre os dois países “estão boas”.

O chefe de Estado angolano prometeu mais liberdade e direitos para o povo, para depois alertar a União Europeia de que é necessário estancar a onda de migração – chamou-lhes “filhos de África” que fogem da miséria. E lembrou: “Alguns dos problemas de África têm reflexos diretos na Europa”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido