Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Portugueses fazem cada vez mais lixo e só um terço o separa para reciclagem

Mais de 40% dos resíduos continua a ir parar a aterro

getty

Portugal manda para aterro 43% dos resíduos urbanos biodegradáveis e um terço dos portugueses continua a não separar o lixo para reciclagem. Depois do puxão de orelhas de Bruxelas no início do ano, o Governo promete novas medidas. Aumentar a taxa de deposição em aterro e testar um sistema de tara recuperável são algumas das ideias em cima da mesa

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Por dia, cada português produz 1,32 quilos de lixo. No fim do ano de 2017 o país somava 4,75 milhões de toneladas de resíduos urbanos, mais 2,3% que no ano anterior, o que, segundo o ministro do Ambiente, se deve ao “aumento do bem estar das famílias”.

O problema é que apenas 16,5% desse lixo é alvo de recolha diferenciada e a taxa de preparação para reutilização e reciclagem fica-se por 38%,quando a média da União Europeia anda nos 44%. E, por cá, 43% dos resíduos urbanos biodegradáveis continuam a ir parar a aterro, revela o relatório de Estado do Ambiente (REA), apresentado esta terça-feira.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)