Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

EDP cancela apresentação em Londres para se focar na OPA

António Mexia tem pela frente uma oferta que já enfrenta resistência

Foto António Pedro Ferreira

A equipa de gestão de António Mexia tinha agendado para esta semana na capital britânica um “roadshow”, que acabou por não realizar, para concentrar as suas atenções na oferta de aquisição lançada pela China Three Gorges

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O presidente executivo da EDP, António Mexia, devia estar em Londres, à hora de publicação desta edição, a terminar uma ronda de dois dias de apresentações a analistas financeiros do banco de investimento Kepler Cheuvreux. Devia... mas não está. Um efeito colateral da oferta pública de aquisição (OPA) de que a elétrica portuguesa foi alvo.

A EDP tinha previsto para 16 e 17 de maio um “roadshow” em Londres para apresentar as suas perspetivas de negócio àquele banco de investimento de origem francesa. Mas o Expresso apurou que a reunião com os investidores não se realizou, para permitir à administração liderada por Mexia concentrar-se na resposta a dar à OPA lançada pela China Three Gorges (CTG).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)