Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“O telemóvel faz parte do corpo – e mais precisamente do cérebro – dos adolescentes de hoje”

Professor catedrático e diretor do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Santa Maria, Daniel Sampaio jubilou-se em 2016

Mike Sergeant

Daniel Sampaio escreveu para os pais um livro sobre a nova extensão do corpo dos filhos. E disse que o telemóvel pode ser uma janela de comunicação com estes, numa era em que a “conversa tradicional” à mesa ou no sofá simplesmente “não resulta”

Mais de uma vintena de livros publicados depois, o psiquiatra Daniel Sampaio escreveu “Do Telemóvel para o Mundo — Pais e Adolescentes no Tempo da Internet”. Se dúvidas houvesse, o título já é suficientemente esclarecedor: telemóvel e mundo fazem parte da mesma paisagem, estão interligados numa teia de reconhecimento nem sempre compreendida pelos pais. Essa incompreensão leva a que estes vejam o universo digital como inimigo, em vez de o acolherem como uma oportunidade de partilha e de diálogo.

Daniel Sampaio decifra alguns dos conflitos provocados pela omnipresença da internet, concluindo, por exemplo, que as regras devem ser colocadas logo nos primeiros contactos da criança com essa dimensão. Instando os pais a uma “parentalidade construtiva”, em que a autoridade não está desprovida de afeto e de negociação, defende algumas horas diárias em que toda a família fique desligada dos dispositivos.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)