Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Juro por Deus que gostava que houvesse mais candidatos. Mas eles não estavam ainda preparados. Não há nenhuma vergonha nisso”

Abdel Fattah Al-Sisi: o homem do poder no Egito

reuters

Um “referendo com resultados garantidos”, uma “fraude”. Vários termos têm sido usados para designar umas eleições em que quase toda a gente já sabia quem era o vencedor antes mesmo de ir votar e em que o único adversário do presidente egípcio garantiu desde o início não querer “desafiá-lo”. O que mais preocupa, contudo, é o futuro dos próximos quatro anos. Andrew Miller, investigador do Carnegie Middle East Center, desfia um rol de possíveis cenários, todos eles prováveis mas nenhum desejável

Helena Bento

Helena Bento

Jornalista

Há já algum tempo que se adivinhava algum medo e preocupação em Abdel Fattah Al-Sisi, mas foi o próprio presidente egípcio que o confirmou num discurso feito a 31 de janeiro, mês em que se assinalou o 7.º aniversário da revolução que levou milhares de pessoas durante semanas à praça Tahrir, no centro do Cairo, e à queda de Hosni Mubarak. Nessa ocasião, Al-Sisi empertigou-se contra “todos aqueles que tentem minar a segurança do país” e garantiu que uma revolta como a de 2011 jamais se repetirá.

Cerca de 23 milhões de egípcios (menos de 50% do total de eleitores) participaram nas eleições presidenciais realizadas entre segunda e quarta-feira desta semana. Os resultados oficiais só serão divulgados a 2 de abril, mas ninguém espera uma surpresa. Com apenas um adversário, que, na prática e desde o início fez questão de se afirmar mais como aliado do que como rival, Al-Sisi será, garantem os especialistas, o grande vencedor destas eleições. Mas Al-Sisi nem sempre pareceu estar certo disso ao longo dos últimos meses. Prova disso foram as suas tentativas sucessivas para afastar potenciais adversários.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • O faraó que despiu a farda para mandar mais

    Apesar de já se saber quem vai ganhar as presidenciais no Egito, vale a pena ver este vídeo. Fique a perceber como Abdel Fattah el-Sisi se tornou líder sem rival num país milenar que é um peso-pesado do Médio Oriente