Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

O que matou Yuri Gagarin, o primeiro homem no Espaço?

getty

Esta terça-feira cumprem-se 50 anos sobre a morte do carismático oficial soviético que entrou em órbita à volta da Terra pouco tempo antes de os americanos fazerem o mesmo

Luís M. Faria

Jornalista

A corrida espacial foi um dos maiores avanços da Humanidade no século XX, mas foi também uma parte importante da Guerra Fria. Em 1957, quando a URSS lançou o primeiro satélite no espaço (o Sputnik, nome que tantos bares, bandas e álbuns inspirou), o Ocidente percebeu de repente que tinha sido ultrapassado pela União Soviética, um país até então ainda associado por muita gente a um nível de atraso quase feudal, apesar de já ter a bomba atómica há anos.

O susto do Sputnik fez os Estados Unidos acelerarem os seus esforços, mas isso não impediu a URSS de voltar a ultrapassá-los em 1961, mais precisamente a 12 de abril, quando um jovem oficial das Forças Armadas soviéticas se tornou o primeiro humano a entrar em órbita e a dar uma volta à Terra. Esse oficial chamava-se Yuri Gagarin, e o seu voo precedeu em quase um ano o do norte-americano John Glenn.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)