Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

5 perguntas e respostas para entender o que vai mudar nos contratos de trabalho

Foto Tiago Petinga / Lusa

Governo apresentou esta sexta-feira um pacote com medidas para limitar a precariedade, incluindo a redução dos contratos a prazo e a penalização de empresas que abusem deste vínculo laboral

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Empresas com excesso de precários vão ter nova taxa em 2019

    Será uma nova contribuição a pagar pelos empregadores que abusem dos contratos a prazo. O Governo quer avançar com a medida no próximo ano e calcula que os cofres da Segurança Social vão conseguir arrecadar entre 70 e 90 milhões de euros. A mexida da TSU ficou afastada de vez por a introdução desta nova taxa que, na verdade, ainda não tem nome.