Siga-nos

Perfil

Expresso

O que é um pai?

Penso muitas vezes numa história que o psicanalista João dos Santos conta num dos seus livros. Os miúdos da Casa da Praia, uma instituição criada por ele, saíram em passeio para uma atividade externa. Os professores montaram a operação e os miúdos iriam apoderar-se de uma fortaleza, em pleno dia, com espadas e elmos de cartolina. Um jogo parecido a tantos que, na infância, fizemos. Mas no momento de começar a imaginária peleja, há um miúdo de quatro anos que se recusa a participar. E quando encorajado pelos professores, põe-se a choramingar, dizendo: “Tenho medo, não consigo, o meu pai está em Paris.”

Que queria ele dizer? Os pais dos outros também não estavam ali e seria, por isso, completamente indiferente a ausência do dele. Mas o miúdo pretendia expressar algo mais profundo. Na realidade, debatia-se com o seguinte: “ainda não tenho o meu pai suficientemente forte dentro de mim, como imagem, para que possa lutar sem ele a meu lado. O meu pai está longe, e sinto-me frágil e confuso diante do risco.” É uma história simples e porventura mais universal do que pensamos, esta do Professor João dos Santos. Ela faz-nos perguntar: “O que é um pai?”.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • “O teu amor salvou-me”: carta de um pai ao filho que perdeu a mãe quando tinha um ano

    O filho de Cândido Gomes, Salvador, de quatro anos, tinha um quando a mãe, Gintare, morreu de cancro. A propósito do Dia do Pai que se assinala esta segunda-feira, Cândido decidiu escrever-lhe uma carta para lhe falar da luta da mãe para que ele nascesse – uma das histórias que inspirou o livro “Filhos da Quimio” – e de como encontrou a salvação no amor dele

  • “Nós pensamos que o casamento nos muda, mas de facto o que nos muda é ser pai...”

    São blogues diferentes, mas com uma coisa em comum: o filho é o protagonista. Os pais partilham na internet como é a experiência do primeiro filho, com todas as inseguranças, incertezas e sucessos que ela acarreta. E, tal como outros pais que decidiram fazer o mesmo online, servem de exemplo e inspiração para outras famílias. No Dia do Pai, o Expresso conta as histórias de dois deles: “O Melhor Pai do Mundo“ e “A Pitada do Pai”