Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Cristas só convidou Portas e Ribeiro e Castro para tributo a Adriano Moreira

Rui Duarte Silva

Paulo Portas e José Ribeiro e Castro terão assento no Senado do CDS, que Cristas reativará no Congresso deste fim de semana. Partido diz que não convidou Manuel Monteiro, antigo presidente

Paulo Portas é o único ex-presidente do CDS que vai marcar presença no Congresso do partido, no próximo fim de semana, que fará uma homenagem a Adriano Moreira. Fonte oficial diz que só foram convidados para o tributo, que abrirá o Congresso no sábado, os ex-presidentes que ainda são militantes do partido (ou seja, Paulo Portas e José Ribeiro e Castro) e que farão parte de um dos órgãos do partido que tomarão posse no conclave, o Senado.

José Ribeiro e Castro não estará presente no Congresso, conforme adianta ao Expresso, devido a um “impedimento”, mas diz que gostaria de marcar presença e que considera a homenagem “justíssima”. Nem Manuel Monteiro, que em 2003 deixou o CDS para fundar o partido Nova Democracia, nem Freitas do Amaral, que foi fundador e presidente do CDS mas chegou a fazer parte do Governo de José Sócrates, foram convidados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)

  • Manuel Monteiro admite voltar ao CDS-PP mas antes vai a Braga

    O ex-líder do CDS-PP, Manuel Monteiro admitiu hoje e pela primeira vez, voltar a ser militante do partido do qual chegou a ser presidente. Convidado do programa "Dez minutos da SIC Notícias" Manuel Monteiro reconheceu que a decisão não pode ser tomada de ânimo leve e exige uma deslocação a Braga e uma "conversa serena" com outros antigos militares do CDS-PP.