Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Dombrovskis ao Expresso: “A zona euro já é mais resiliente do que durante a última crise”

EMMANUEL DUNAND

Em entrevista ao Expresso, o vice-presidente da Comissão Europeia diz que a zona euro está mais forte do que em 2010, mas reconhece que o trabalho não está terminado. Completar a união bancária é o próximo passo

É o todo poderoso “senhor euro” na Comissão Europeia (CE). Valdis Dombrovskis, vice-presidente da CE, tem a responsabilidade de apresentar propostas para aprofundar a união económica e monetária. Em entrevista ao Expresso, antecipando a visita a Portugal - onde terá esta quinta-feira encontros ao mais alto nível - fala sobre a zona euro e os próximos passos para aprofundar a união económica e monetária, com destaque para a necessidade de completar a união bancária, bem como a evolução da economia portuguesa.

Quando a Comissão Europeia (CE) publicou as últimas previsões económicas, afirmou que “devemos usar este tempo para tornar as nossas economias mais resilientes e aprofundar a união económica e monetária”. Como é que isso pode ser feito? O que propõe a CE?
Essa é a nossa mensagem. Devemos usar estes relativamente bons tempos económicos para aprofundar a união económica e monetária. Basicamente, podemos fazê-lo por duas vias. A primeira é fortalecer a resiliência da união económica e monetária e a segunda é reforçar os instrumentos de gestão de crises a nível europeu. Do lado da resiliência, trata-se de apoiar as reformas estruturais nos Estados-membros. É por isso que propomos reforçar o programa de apoio às reformas estruturais, aumentando a sua dotação financeira e fornecendo assistência técnica no desenho e implementação de reformas nos Estados-membros. Propomos para o período após 2020 um instrumento dedicado, em que os Estados-membros podem assumir compromissos de reformas, recebendo apoio financeiro para implementar essas reformas. Isto será feito numa base de solicitação pelos Estados – membros.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)