Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Fotografar na escuridão total e gerar emojis “reais” chegam para convencer?

epa

Esteticamente muito semelhante à geração anterior, o novo telemóvel topo de gama da Samsung tem algumas novidades ou aperfeiçoamentos tecnológicos que podem dar que falar. Mas daí a jurar que vão fazer muita diferença em relação aos rivais mais diretos…

Tiago Oliveira

Tiago Oliveira

em Barcelona

Jornalista

É daquelas rivalidades clássicas, como Ronaldo vs Messi, Oasis vs Blur ou Coca-Cola vs Pepsi. Neste caso, o que esteve subjacente este domingo na apresentação do novo telemóvel da Samsung, no World Mobile Congress, foi a rivalidade entre o Galaxy e o iPhone. Os dois smarpthones, da Samsung e da Apple, respetivamente, serão provavelmente as grandes estrelas do seu segmento, os pesos-pesados das respetivas empresas, e os anúncios do novo modelo de cada um são seguidos quase como se de um concerto de rock se tratasse. Os eventos são cada vez maiores e ambiciosos e, em Barcelona, o Galaxy S9 deu-se a conhecer com mais um capítulo desta tradição recente.

O Mobile Congress World, na cidade condal, foi o palco e mostrou-nos um telemóvel que se esteticamente é muito semelhante ao modelo anterior, tecnicamente apresenta algumas mudanças que poderão dar que falar. E, como sempre nestes casos de rivalidades quase religiosas, as comparações com os mais recentes iPhone (sobretudo o topo de gama, iPhone X) não tardaram a aparecer.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)